A prisão do precisar

Padrão

via: Paulo Marcelo Gondim Sales

Precisar é preciso, mas não necessariamente precisamente precisamos.
Precisar é o prenúncio de uma cisão, uma ruptura.
Rompemos o equilíbrio do universo para refazer o universo de nós mesmos.

Querer de olhos fechados e mente aberta é loucura,
Enquanto querer de mente fechada e alerta ao mundo é ser normal.

Em que escada subiremos para alcançar aquilo o que tanto desejamos?
Que lareira morna de amor e satisfação estará nos aguardando do outro lado do muro?

Precisar, precisão. Precisar é sim uma prisão.
Somos prisioneiros do querer, do pensar, do acreditar.

O universo é possível,
Mas o homem é certo, preciso.

Somos senhores da prisão lógica que criamos
E movidos pelos desejos que por outros foram criados.

Liberdade.

 

Ilustração de Pawel Kuczynski

Anúncios

Sua opinião...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s