Padrão

– Você é um homem de Deus?

– Sou um homem.

– De Deus?

– Apenas um homem…

– E Deus?

– Não O compreendo…

– Você acredita em Deus?

– Eu tenho fé…

– Como assim?

– Não preciso compreender Deus…

– Você não precisa de Deus?

– Ele precisa de mim?

– Não sei.

– Deus não é autossuficiente, onipotente?

– É o que dizem.

– O que você acha?

– Eu acredito em Deus.

– Você O compreende?

– Uuhmm…

– Isso é fé: acreditar em algo, mesmo sem compreender.

Anúncios

Deus é o limite.

Padrão

– Deus é o limite. Deus – Do Eu – Dos Eus – Deuses… Eu sou o limite. Eu sou Deus.

Você é Deus?

– Não. Eu sou Deus.

– Se você é Deus, quem sou eu?

– Você é Deus.

– Mas você acabou de dizer que Eu sou Deus…

– E é.

– Mas se Eu… E você… Você diz que Eu sou Deus e você também…

– Nós dois somos Deuses. O meu Eu é Deus e o seu Eu é Deus.

– Uuhm…

– Nós somos iguais…

– Voc… O seu Eu acha que somos iguais. E se o meu Eu disser que somos diferentes?

– Eu abrí seus olhos. O quê eles vão enxergar é você quem decide…